Introdução geral

Sou uma tecelã de redes, mentora de vidas complexas,
sensibilizadora de conceitos e produtora de conteúdo.

.

[Uma viajante cósmica, uma livre-pensadora, uma polinizadora de mundos,
netweaver de redes vivas, ‘fazedora’ de conteúdos.]

.

O que une todas as áreas em que atuo é o “ser netweaver
[uma desveladora/tecelã de redes] e a minha atuação transdisciplinar.

.

Isto diz respeito tanto a conteúdos e contextos, quanto a direções e glocalidades.

.

Mesclo e faço curadorias [escolhas] e editorias [construções] de conteúdos e fazeres, as vezes mais tradicionais, as vezes em áreas de interface/mudanças/confluências de saberes, fluxos e atuações.

.

E escrevo.

.

Pode ser biologia com design.
Pode ser tecnologia com arte.
Pode ser aprendizagem-ensino em/com redes.
Pode ser ciência da informação com redes.
Pode ser história da ciência com tecnologia.
Pode ser trabalho com diversão.
Pode ser…

.

De tudo isso, podem ser várias coisas, que tem muito sentido quando sentamos e conversamos sobre.

.

A arte de conversar é a principal ferramenta de um(a) netweaver (dentre outras também importantes) e eu adoro usa-la.

…………………..

Veja a página com minhas Áreas de Atuação e Interface.

…………………

Ver “sou posso ser”: http://mthamaral.com.br/mth/about/sou-posso-ser/

………………….

Currículo(s):

Lattes – http://lattes.cnpq.br/7494223045376143

Linkedin – www.linkedin.com/in/mariatherezaamaral

…………………..

.

Maria Thereza do Amaral
————————————————
*Laboratório de experimentação em comunidades complexas regenerativas – LECORE*

.

|Pessoa e netweaver em www.mthamaral.com.br/mth  |

|Consultoria e assessoria, curadora e sensibilizadora em www.mthamaralconsultoria.com.br/mthconsultoria |

|Experimentadora e pesquisadora em LECORE – lecorelaboratorio.wordpress.com/  
.

Email: mariathereza.amaral@gmail.com

Whatsapp:  maria thereza do amaral

.

netweaver … pesquisadora independente [doutora em História da Ciência (PUC-SP)] … homeopata veterinária

#Transdisciplinaridade  #Complexidade #FluxoseRedes #GestãoDaSaúde  #Agroecologia #EmpreendimentosRegenerativos #CulturaRegenerativa

Share