complexidades

Os rios: sistemas vivos ou “canos de água limpa”? E as comunidades?

Há alguns anos li em um portal na WEB sobre o Córrego do Mandaqui: limpo e sem peixes. Um cano de água limpa sem peixes. E com um comentário de um morador da região que não entendia como um rio que estava limpo estava sem peixes. Qual o “porquê” disso?

crônicas

A coisa e a não coisa. Ou não.

Podemos ver o mundo de várias e várias maneiras. Eu, como historiadora da ciência, posso ver tudo como “coisa”. E daí começo a pensar em matéria e penso: “sou materialista”. Ou posso, como historiadora da ciência, ver tudo como “não-coisa”. E daí começo a pensar em matéria e penso: “sou animista”.

%d blogueiros gostam disto: